AGES - Casos Sobrenaturais

Página 1 de 22 1, 2, 3 ... 11 ... 22  Seguinte

Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Ir em baixo

AGES - Casos Sobrenaturais

Mensagem por ArabellaC. em Qui Nov 26, 2015 4:25 am


Penélope Franqui | 24 anos | Estudante

Ela cerrou os olhos, aquele abusado, roubando o seu café, ela se acomodou melhor na poltrona, só de birra não ia sair dali tão cedo.
_ Espero que engasgue _ e se engasgasse ela não ia ajudar _ Então senhor Theodore o que tenho que fazer?
Aquele chato, ela esperava consegui os pontos extras antes que fosse expulsa por agressão ao tiozinho irlandes.
Aparência:

ArabellaC.
Admin

Mensagens : 1695
Data de inscrição : 20/07/2015

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: AGES - Casos Sobrenaturais

Mensagem por LolitaRoger em Qui Nov 26, 2015 4:32 am


Theodore O’Callaghan

Ela cerrava os olhos e ocupava a poltrona deixando claro que não ia sair dali.
Se ele não prezasse o mínimo de boas maneiras ele a arrancava daquela poltrona ela querendo isso ou não.
–Prág.. – ele a xingavam em gaélico enquanto tirava de uma pasta manuscritos e fotografias que fez na última vez que visitou as ruínas que tem pesquisado na Irlanda –Revise isso pra mim. – se ela já não gostava de história então ela iria odiar o trabalho que ele lhe passou. A pesquisa estava centrada em mitos de povos guerreiros da Irlanda, dentre os mitos estava o dos guerreiros lobos.

LolitaRoger
Admin

Mensagens : 1707
Data de inscrição : 18/07/2015

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: AGES - Casos Sobrenaturais

Mensagem por ArabellaC. em Qui Nov 26, 2015 4:39 am


Penélope Franqui | 24 anos | Estudante

Ela não entendia uma sílaba do que ele dizia, mas tinha certeza que era algum tipo de xingamento.
_ Muito feio para um professor_ e depois ela que era mau educada, a loira simplesmente tomava o sue café como se nada tivesse acontecido, até que ele colocou aquele grimório do satanás a sua frente, ela estendeu a mão livre e pegou o mesmo.
_ Que coisa chata..._ ela disse para si mesma _ Revisar o que exatamente?
Afinal, ela teria que saber onde ele ia usar aquilo, para saber onde estava o erro dã.

Aparência:

ArabellaC.
Admin

Mensagens : 1695
Data de inscrição : 20/07/2015

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: AGES - Casos Sobrenaturais

Mensagem por LolitaRoger em Qui Nov 26, 2015 4:46 am


Theodore O’Callaghan

Ele queria era saber onde as pessoas achavam que por ser professor ele tinha que ser bonzinho, ainda mais quando seu dia já começava ruim com o reitor tentando obriga-lo a comparecer em jantares de gala e qualquer coisa que sirva pra conseguir dinheiro pra universidade, quando a verba pro departamento dele sempre é uma das mais baixas.
Escutou o comentário dela sobre o manuscrito da pesquisa.
–A intenção não é ser divertido. – falou –A pesquisa é focada nos mitos de povos guerreiros na Irlanda, Inglaterra e Gales. Preciso que você cheque se todas as imagens estão na ordem correta e também que revise os textos, buscando qualquer erro ou incongruência. Se tiver duvidas sobre algum dos mitos ou sobre algumas das teses focadas na filosofia dos mitos e na sociologia dos povos, pergunte. Ou então pesquise. – afinal ele tinha que continuar fazendo a pesquisa, e se tivesse que revisar o que já havia sido feito ia levar muito mais tempo do que os editores e o Conselho estão dispostos a esperar.

LolitaRoger
Admin

Mensagens : 1707
Data de inscrição : 18/07/2015

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: AGES - Casos Sobrenaturais

Mensagem por ArabellaC. em Qui Nov 26, 2015 5:00 am



Penélope Franqui | 24 anos | Estudante

_ Nota-se _ respondeu, e depois ela era o amu humorada. A loira ouviu às instruções com atenção.
_ Certo _ como se o orgulho dela fosse permitir que ela pedisse ajuda à ele. Mas uma coisa lhe passou a cabeça, se ela não entendia história que diabos ele pensava lhe dando coisas de sociologia e filosofia para analisar...?
_ Só pode ser falta de sexo..._ ela resmungou para si mesma em um tom baixo, não que se importasse se ele ouvisse, era verdade, porque santo mau humor.
Ela deixou um suspiro escapar e tirou às pernas da mesa, abrindo a bolsa e pegando o tablet e pondo sobre a mesa, junto com um par de fones e logo os pondo no ouvido, pareciam fones, mas eram tampões, presente de uma amiga, ajudava a abafar os mínimos ruídos, ela até mesmo conectou ao tablet para dar a impressão de que estava ouvindo alguma coisa.
A mais nova abriu o manuscrito e começou a ler, não demorando a passar para página seguinte ao menos o tema podia ser de algum interesse dela.
Aparência:

ArabellaC.
Admin

Mensagens : 1695
Data de inscrição : 20/07/2015

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: AGES - Casos Sobrenaturais

Mensagem por LolitaRoger em Qui Nov 26, 2015 5:07 am


Theodore O’Callaghan

Ouviu o comentário da loira. Pegou uma folha em branco, amassou como um bolinha e tacou na cabeça dela praguejando em gaélico.
O problema, diferente do que ela pensa, não é falta de sexo, e sim que ele não tinha desculpa alguma pra escapar do jantar de hoje a noite. Jantar esse que ele não tinha a mínima vontade de ir, e se ela fosse forçada a ir nesse tipo de evento também estaria com um péssimo humor.
Ao menos a pesquisa tinha um tema interessante: batalhas. E como o foco era o folclore e não a história em si, não haviam muitos termos técnicos e datas demais, boa parte da narrativa era feito como quando se lê uma história, exceto por algumas notas nas quais ele explica em termos atuais a simbologia da época.

LolitaRoger
Admin

Mensagens : 1707
Data de inscrição : 18/07/2015

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: AGES - Casos Sobrenaturais

Mensagem por ArabellaC. em Qui Nov 26, 2015 5:19 am



Penélope Franqui | 24 anos | Estudante

Ela ergueu os olhos quando a bolinha acertou ela, super maduro.
_ Super maduro _ revirou os olhos, ela lia sobre os lobos da Irlanda, apesar de que o mito surgiu na Grécia se ela não estava enganada, as concepções eram diferentes e ela só sabia disso, porque ela passou um bom tempo pesquisando sobre a sua espécie.
Ela anotava o lápis em uma folha os termos que não entendia.
_ Porque alguém passa o tempo pesquisando mitos? _ perguntou, enquanto lia, eles nem sabiam se eram ou não reais, para que perder tmepo?
Aparência:

ArabellaC.
Admin

Mensagens : 1695
Data de inscrição : 20/07/2015

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: AGES - Casos Sobrenaturais

Mensagem por LolitaRoger em Qui Nov 26, 2015 5:27 am


Theodore O’Callaghan

Escutou o que ela falava enquanto revirava os olhos, mas ele não se importava (realmente tem passado muito tempo com John e Jake).
No entanto ele não respondeu, estava ocupado digitando o capítulo atual da pesquisa quando escutou a pergunta dela sobre os mitos. A questão, é que diferente de um pesquisador normal, ele como membro (no caso: consultor) da AGES, tinha a chance de confirmar a veracidade dos mitos descobertos com as próprias criaturas. Mas não podia dar essa resposta para um de seus alunos, então teria que responder a mesma coisa que dizia para o reitor e o Conselho quando apresentava suas pesquisas:
–Porque quase todos os mitos coletados foram passados por tradição oral. Muitos foram perdidos, e os que não se perderam sofreram alterações, tornando uma verdadeira caçada descobrir quais eram os originais e até mesmo encontrar os locais ‘sagrados’ citados ou descobrir mais sobre as criaturas as quais eles se referem. O trabalho de um historiador é registrar para que esse conhecimento não se perca. Afinal esses mitos são também a identidade de um povo.. – respondeu sem nem mesmo erguer os olhos da tela do notebook.

LolitaRoger
Admin

Mensagens : 1707
Data de inscrição : 18/07/2015

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: AGES - Casos Sobrenaturais

Mensagem por ArabellaC. em Qui Nov 26, 2015 5:48 am



Penélope Franqui | 24 anos | Estudante

Não demorou para ela ouvir a resposta, ela ergueu o rosto e viu que ele nem ao menos tirava os olhos da tela do notebook, com uma resposta tão automática e cheia de emoção como essa, ele ia empolgar uma arquibancada inteira.
_ Uhum _ foi a resposta dela, voltando os olhos para o manuscrito, enquanto tentava não baixar a cabeça e dormir ali, ao menos não na frente dele, já que estava trabalhando e precisava pagar contas.
_ O que são selkies?
Aparência:

ArabellaC.
Admin

Mensagens : 1695
Data de inscrição : 20/07/2015

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: AGES - Casos Sobrenaturais

Mensagem por LolitaRoger em Qui Nov 26, 2015 5:55 am


Theodore O’Callaghan

A pergunta seguinte dela sim realmente chamou sua atenção o fazendo olhar para a garota.
–Existe uma lenda sobre criaturas que tem a forma de focas, elas vão até a praia e retiram a pele se transformando em belas mulheres. Quando decidem voltar para o mar elas vestem novamente a pele de foca. – contava –Dizem que se um homem se apaixona por uma selkie ele tem que esconder a pele de foca quando ela a retirar, assim ela não pode voltar para o mar. – ele terminava de contar –Enfim, isso é uma versão resumida. Aí no manuscritos tem pelo menos umas três variações desse mito. Qual seu mito ou criatura favorita?

LolitaRoger
Admin

Mensagens : 1707
Data de inscrição : 18/07/2015

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: AGES - Casos Sobrenaturais

Mensagem por ArabellaC. em Qui Nov 26, 2015 6:04 am



Penélope Franqui | 24 anos | Estudante

Ela ouviu a resposta e assentiu com a cabeça, lembrava muito o mito da sereia Iara, e nem lhe pergunte como ela sabia disso, com certeza não foi pesquisa, deve ter ouvido os pais ou avôs quando era criança
_ Hum...Lobisomens _ respondeu _ E os seus?

Aparência:

ArabellaC.
Admin

Mensagens : 1695
Data de inscrição : 20/07/2015

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: AGES - Casos Sobrenaturais

Mensagem por LolitaRoger em Qui Nov 26, 2015 6:14 am


Theodore O’Callaghan

A resposta dela sobre lobisomens o fez sorrir.
–Em algum ponto do manuscrito tem alguns mitos sobre os lobisomens que foram contados nessas ilhas. A maioria os retratando como um povo guerreiro , cavaleiros honrados que serviam à reis durante grandes guerras se os reis humanos fossem merecedores disso. As lendas da Irlanda sobre os lobisomens diferem bastante das lendas da França. E a forma como é dito que as primeiras transformações e mesmo o ‘contagio’ ocorreram é o oposto do que se sabe pelos mitos gregos. Mas como o foco é a respeito dos mitos de batalha eu não tive a chance de focar tanto nessas diferenças. – disse um pouco cabisbaixo por não poder abranger tudo que queria –Se eu fosse falar tudo que reuni de informação sobre os lobisomens eu escreveria um livro apenas sobre eles. – riu sem graça.
Logo ela lhe perguntava quais eram os preferidos dele.
–Desde que era criança sempre foram os Fomorianos.

LolitaRoger
Admin

Mensagens : 1707
Data de inscrição : 18/07/2015

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: AGES - Casos Sobrenaturais

Mensagem por ArabellaC. em Qui Nov 26, 2015 6:25 am



Penélope Franqui | 24 anos | Estudante

Ela ouvia com mais atenção o que ele dizia sobre os lobisomens, havia muita coisa que ela entendia outras não, começando pelo fato que seus poderes, habilidades, enfim, só vieram se desenvolver na adolescência.
_ Sabe me dizer alguma característica em comum entre esses mitos sobre a fera? _ perguntou, voltando os olhos para ele por alguns instantes e logo baixando para o manuscrito.
Escutou o nome estranho e fez uma expressão engraçada.
_ O que são? Não conheço.
Aparência:

ArabellaC.
Admin

Mensagens : 1695
Data de inscrição : 20/07/2015

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: AGES - Casos Sobrenaturais

Mensagem por LolitaRoger em Qui Nov 26, 2015 6:40 am


Theodore O’Callaghan

Ela parecia interessada nos mitos sobre os lobisomens.
–Não os chame de “Fera”, pode se referir como licantropos, ou garou. Entre esses mitos não existem muitas similaridades. Cada um representa os lobisomens de uma forma diferente. O da França os retrata como Bestas vorazes e assassinas, mas isso não seria correto. Um garou não é apenas um lobo, ele também assume a forma humana mesmo não sendo humano. Ele nasce como licantropo ou era um humano antes de ser escolhido para se unir à matilha. Contudo... Bem... Ao menos em algumas lendas, os mais jovens não controlam bem a transformação ou mesmo os poderes. Eles vão crescendo até que seu corpo esteja pronto para “mudar”. Alguns pesquisadores acreditam que isso seja uma referência as tribos guerreiras e como os garotos tinham que ser preparados para se tornarem guerreiros como seus pais. Mas eu acho que vai além disso.. Se você estiver mesmo interessada eu posso te trazer todo o material de pesquisa que tenho sobre o assunto. Mas já aviso que é muita coisa, e a maioria são mitos antigos, ou anotações que fiz ao visitar algumas tribos mais... restritas... em minhas viagens de pesquisa. – sendo que essas tribos eram na verdade ‘matilhas’.
Ela logo lhe perguntava o que eram os Fomorianos. Isso o fez sorrir um pouco mais animado.
–Os Fomorianos eram criaturas semi-divinas que eram inimigos dos Tuatha de Danaan. Os mitos mais antigos os descrevem como gigantes horrendos e deformados, cruéis e opressivos, que habitaram Oileán Thúr Rí. Contudo alguns dos Fomorianos não era gigantes horrendos, e até mesmo eram descritos como portadores de incrível beleza. Os Tuatha de Danaan, liderados pelo guerreiro Lugh e auxiliados por deuses da guerra combateriam os Fomorianos pelo direito de habitar a Irlanda.

LolitaRoger
Admin

Mensagens : 1707
Data de inscrição : 18/07/2015

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: AGES - Casos Sobrenaturais

Mensagem por ArabellaC. em Qui Nov 26, 2015 7:39 am



Penélope Franqui | 24 anos | Estudante

_ Uhum, certo, licantropos _ ela não ficaria ofendida se a chamassem de fera, mas tudo bem.
Ela escutou com bastante atenção o que ele dizia sobre as feras.
_ Alguns mitos dizem que são imortais, outros que bala de prata pode matar, o que você acha? _ perguntou como se fosse uma curiosidade qualquer, não que achasse que ele estaria certo na repsosta, mas como ele entendia bem do assunto era bom te ruma outra fonte e depois ela voltaria as próprias pesquisas.
Ouviu a ex´plicação da criatura.
_ Porque gosta tanto deles? _ indagou curiosa.

Aparência:

ArabellaC.
Admin

Mensagens : 1695
Data de inscrição : 20/07/2015

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: AGES - Casos Sobrenaturais

Mensagem por LolitaRoger em Qui Nov 26, 2015 7:59 am


Theodore O’Callaghan

Ela concordou em chamar de licantropos, e ele achou que devia explicar o motivo.
–O termo “Besta” ou “Fera” é usado pra designar um garou que entrou em frenesi e perdeu sua consciência humana e é movido apenas pelo desejo por carne e sangue. Por isso não é bom usá-lo para se referir a toda uma raça. – ele as vezes se esquecia que tinha que falar sobre o assunto como se fosse algo irreal.
–Não são imortais, mas tem uma vida absurdamente longa. Principalmente para criaturas com inimigos naturais igualmente fortes. – ouviu a pergunta sobre prata. A prata, assim como outros minerais são a fraqueza e “veneno” de quase tudo, e isso inclui os garous –Prata é veneno para quase todas as criaturas, assim como o ferro é para as fadas e bruxas. Não precisa ser necessariamente uma bala de prata. Claro que se você atirar em um com balas de prata vai matar, mas apenas se acertar em um ponto vital, um corte feito com uma faca de prata vai ser mais doloroso e demorar mais para regenerar. Envenenar com nitrato de prata também funcionaria. Enfim, a prata em geral é venenosa... Nos mitos. – ele incluiu o “mitos” no final para não ficar muito estranho. E o conhecimento sobre o uso da prata em parte vinha dos trabalhos de campo da AGES e em parte das perguntas que fez para alguns garous que conheceu.
Logo ela lhe fazia outra pergunta. E pra ser sincero ele até que estava gostando de ter escolhido ela como assistente temporária, ela fazia boas perguntas.
–Porque eles são a história do meu povo. Na Irlanda em alguns lugares ainda tratamos esses mitos como fatos. –e graças a AGES ele sabia que os mitos eram mais reais do que as pessoas imaginam.

LolitaRoger
Admin

Mensagens : 1707
Data de inscrição : 18/07/2015

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: AGES - Casos Sobrenaturais

Mensagem por ArabellaC. em Qui Nov 26, 2015 8:11 am



Penélope Franqui | 24 anos | Estudante

Escutou a explicação para o "fera" e "besta" e fez um "ohhh" mudo com os lábios.
_ E o que causaria esse estado de frenesi? _ perguntou, perder a consciência não era saudável...Talvez ela devesse voltar a fazrr meditação, okay, vamos ser sincera, ela fez uma uma de uma hora e nunca mais que saber, simplesmente não conseguia ficar parada, aja paciência...
_ Hum, entendo, e a aparência congela por um tempo como os vampiros? _ como não era imortais, em algum ponto começariam envelhecer. a pergunta é quando, ela não notou qualquer diferença desde os seus dezoito...
Ouviu sobre a prata, que coisinha perigosa.
_ Acônito também é letal?
Ela sorriu um pouco quando ele explicou que gostava porque era história do povo dele, ela não era bem uma nacionalista, mas achava bonito quem era e tinha orgulho de sua origem.
_ É bonito ter esse orgulho de onde veio _ comentou.
Aparência:

ArabellaC.
Admin

Mensagens : 1695
Data de inscrição : 20/07/2015

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: AGES - Casos Sobrenaturais

Mensagem por LolitaRoger em Qui Nov 26, 2015 8:39 am


Theodore O’Callaghan

–Aparentemente algumas coisas podem causar esse estado de frenesi. Como fraqueza ou ferimentos graves durante a transformação. Ou se por acidente o garou provar sangue humano e se tornar “viciado” nisso ele pode sentir cada vez mais dificuldade em resistir a ceder ao estado de frenesi. E claro, se entregar aos instintos primitivos de lobo, principalmente na lua cheia. Aparentemente os ciclos lunares afetam o controle dos garou, e não a transformação como o cinema e a literatura fazem as pessoas acreditar.
Ela realmente devia gostar de licantropos porque tinha várias perguntas que não são exatamente as comuns dos fãs.
–Não “congela” como a de um vampiro ou criaturas imortais no geral, mas qualquer alteração no físico após a primeira transformação se torna absurdamente mais demorada no que em um humano, a tal ponto que a pessoa pode acreditar que não envelhece mais, ou algo assim. – ele não podia falar as coisas como se fosse uma certeza absoluta ou levantaria duvidas a respeito de onde ele conseguiu esse tipo de informação.
Ela lhe perguntava até mesmo do acônito. Como é possível que ela tirasse notas tão ruins na aula de história e folclore quando parece se interessar tanto nos mitos?
–Acônito é letal pra qualquer coisa que esteja viva. – falou –É um dos venenos mais poderosos encontrados na natureza. Antigamente os caçadores utilizavam o veneno em flechas quando iam caçar lobos. Daí que veio a fama da planta. Mas levando em conta que um licantropo não é imortal, sim, acônito em sua forma pura como veneno poderia mata-lo.
Viu ela sorrir e por um curto instante achou a visão até que agradável e acabou sorrindo de volta pra ela.
–Acho que tem razão.

LolitaRoger
Admin

Mensagens : 1707
Data de inscrição : 18/07/2015

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: AGES - Casos Sobrenaturais

Mensagem por ArabellaC. em Qui Nov 26, 2015 8:58 am



Penélope Franqui | 24 anos | Estudante

Ela fazia algumas comparações mentais de experiências que já teve, noites de Lua cheia eram tensas ainda mais para ela que não tinha um controle de humor, que se irritava fácil, toda aquela excitação e o aumento de poder, era tão sedutores que ela não ousava por o pé para fora de casa em noites assim, se trancava, literalmente. Mas por sorte, muita sorte mesmo ele nunca chegou ao frenesi, visto que seus pais adotivos eram totalmente normais e ele não teve um auxílio sobre a "condição".
_ Deve ser dolorosa, às transformações completas descritas nos livros parecem dolorosas..._ ela nunca tomou uma forma completa, a comum ou leve, ela não sabia que adjetivo por, já doía no inicio, às presas e garras se pronunciando, os olhos se tornando mais sensíveis...
_ Entendi, ao menos eles têm uma vida longa _ comentou, enquanto apontava na folha a página e o erro de grafia que tinha encontrado. _ Quais são os inimigos, vampiros...?
Escutou sobre acônito.
_ Mas é raro não é? A flor.
Ele sorriu de volta e ela apenas balançou a cabeça, ela não sabia expressar algumas coisas, como gentileza ou cordialidade com naturalidade.
Aparência:

ArabellaC.
Admin

Mensagens : 1695
Data de inscrição : 20/07/2015

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: AGES - Casos Sobrenaturais

Mensagem por LolitaRoger em Qui Nov 26, 2015 9:15 am


Theodore O’Callaghan

–Mais do que pode imaginar. – falou a respeito da transformação completa. Não que ele fosse um lobisomem, mas ele pode ver em primeira mão a transformação de um –Existem alguns estágios de transformações. Quando humano é chamado de Homid. O Glabro é algo como uma primeira forma de transformação, com garras, presas, sentidos mais sensíveis ainda. Crinos é aquela que vemos retratada pelo cinema, algo meio besta meio humanoide, de pé sobre duas patas, mas com a aparência que lembra a de um lobo. Em seguida temos Hispo, que é como um tipo de lobo gigantesco, quase como se a forma de Crinos não fosse mais capaz de sustentar sobre duas patas, mas um pouco menor do que um Crinos. E a forma da transformação completa, o Lupus. É quando o garou assume a forma de um lobo. Realmente um lobo, nada monstruoso ou bestial. Apenas um nobre e belo lobo. – falou –Contudo de Homid para Lupus é preciso passar por todas as outras, ter seus ossos, musculatura e órgãos redefinidos para cada estágio, e sentir essas mudanças ocorrerem.
Dizer que algo assim é doloroso é pouco.
Assentiu sobre a vida longa, ao menos isso.
–Vampiros principalmente. Mas outras criaturas que ameacem o Caern também são considerados inimigos. – a resposta veio sem nem pensar no tipo de informação que estava dando.
Ouviu a pergunta sobre a flor ser rara.
–No início sim. Hoje em dia você encontra até mesmo em floricultura como planta ornamental. E ela foi tão espalhada elo mundo devido aos caçadores que você as encontra até mesmo aqui na Inglaterra e no País de Gales. Na Irlanda não vai encontrar algo que seja veneno para um lobisomem dessa forma, ao menos não entre os povos mais antigos. Eles mantem prata para se proteger de um garou em frenesi, mas não acônito, porque sabem que um garou não iria ferir um humano sem necessidade. Diferente dos vampiros que tem os humanos como presa.

LolitaRoger
Admin

Mensagens : 1707
Data de inscrição : 18/07/2015

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: AGES - Casos Sobrenaturais

Mensagem por ArabellaC. em Qui Nov 26, 2015 12:09 pm



Penélope Franqui | 24 anos | Estudante

A loira olhava o manuscrito, mas era mais para disfarçar do que qualquer outra coisa, apesar de que ele acharia que ela estava impressionada o que não deixava de ser verdade, ela não estava no estágio de Lupus, mas sim no Homid e realmente a perspectiva de ser um Crinos não lhe agradava em nada, até porque seria mais que um pouco doloroso.
_ Nos mitos já aconteceu do licantropo saltar alguma dessas fases ou não conseguir evoluir para a fase final, Lupus?
Ela passava a página, tendo já revisado a que estava.
_ Entendi _ falou quando escutou sobre Caern, e resolveu dar uma pequena mudada de criatura para que ele não achasse que ela estava fixonada _ Vampiros são imortais, como pode ter lendas de caçadores e guerreiros que os matam?
Ouviu sobre a flor.
_ Mas se é veneno não deveria ter uma lei que proibi vender esse tipo de coisa, vai que um filhote come. _ com filhote ela quis dizer criança.
Aparência:

ArabellaC.
Admin

Mensagens : 1695
Data de inscrição : 20/07/2015

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: AGES - Casos Sobrenaturais

Mensagem por LolitaRoger em Qui Nov 26, 2015 12:25 pm


Theodore O’Callaghan

Ouviu a pergunta a respeito de “pular” alguma das fases.
–Não. Afinal a transformação é um processo natural. Levaria décadas para que um garou seja capaz de ‘saltar’ uma das fases, e para isso ele precisaria já estar acostumado com as anteriores. Por isso pra esse tipo de aprendizagem, os mais jovens são guiados e ensinados por um garou mais velho. – explicou –Nunca conheci nada a respeito nas lendas, e como os garou vivem em “alcateias” sempre haverá um membro mais antigo que treinará e ensinará os jovens pra que esse tipo de coisa não ocorra, e para que aprendam a dominar a transformação. Um garou sem matilha... Não acho que sobreviveria muito tempo.
O que era triste de se pensar, mas real. Afinal os lobos eram seres basicamente sociais, precisam de seus iguais.
Logo o tópico dela mudava para vampiros.
–São imortais, e não indestrutíveis. – falou –Pense o seguinte: num ambiente onde não haja qualquer ameaça e ele possa se alimentar livremente o vampiro vai viver pelo resto da eternidade desde que evite prata, sol, fogo e verbena. Contudo não significa que um caçador experiente não possa decapita-lo. Vampiros são fortes, resistentes, ágeis, e isso se torna ainda mais evidente conforme ele envelhece. Mas não quer dizer que não possa ser destruído.
Escutava as duvidas dela sobre a flor.
–Existem mais de 400 tipos de flores ornamentais que são extremamente venenosas, como o caso do jasmim amarelo. Não sei se existe alguma lei de restrição sobre a venda. Mas podemos encontrar várias dessas plantas na natureza tanto quanto em lojas.

LolitaRoger
Admin

Mensagens : 1707
Data de inscrição : 18/07/2015

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: AGES - Casos Sobrenaturais

Mensagem por ArabellaC. em Qui Nov 26, 2015 1:34 pm


[img]http://i.imgur.com/QYQkpKl.gif[/img
Penélope Franqui | 24 anos | Estudante

E a o coisa ficava ainda melhor, não dava para pular uma transformação, e demoraria décadas para conseguir a evolução plena..
Ela por alguns segundos esqueceu que falava com um professor de universidade e não um especialista em lobisomens, mas e se aquilo tivesse um fundo de verdade? Fases de transformação, não sobrevivência, não era nada legal.
_ Isso é complicado....
Ouviu sobre os vampiros.
_ Só decapitação os destrói?
Ela tirou o cabelo do rosto e os "fones" dos ouvidos.
_ Não sou chegada a flores _ por causa do olfato sensível, o cheiro delicado para os humanos era desagradável para ela, na maioria das vezes, poucos eram os aromas que agradavam-na. _ Entendi, pensei que pudesse ser perigoso ter algo assim ao fácil alcance.
Penélope voltava a olhar para o manuscrito, agora conferindo às fotos da pasta.
Aparência:

ArabellaC.
Admin

Mensagens : 1695
Data de inscrição : 20/07/2015

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: AGES - Casos Sobrenaturais

Mensagem por LolitaRoger em Qui Nov 26, 2015 11:00 pm


Theodore O’Callaghan

–Um pouco. – ele concordava quando ela dizia que era complicado –Mas supondo que exista um garou que desconheça sobre a própria raça, o que seria estranho e difícil de acontecer, afinal os pais saberiam como ajudar, mas para esse exemplo vamos fingir que nosso jovem garou desconhece muitas coisas sobre sua própria raça. Como transformação, fraquezas, características hereditárias e por aí vai. Ele poderia ir em busca de outros garous que não pertencem a sua matilha original se isso servir para ajuda-lo, ou mesmo em busca dos humanos que tem contato com as tribos que habitem Caerns. Bem... Ao menos nos mitos algo como isso aconteceria.
Ela lhe perguntava sobre a decapitação.
–Se você estiver lutando com um durante a noite e tudo o mais, o mais garantido de que o vampiro não vai voltar é decapitá-lo. Mas você poderia queimar, deixá-lo no sol para virar cinzas lenta e dolorosamente, envenená-los com prata ou verbena, o que também seria uma forma dolorosa de morrer. Contudo o preferido da maioria, aparentemente, é imobilizar com uma estaca e decapitar. – ao menos o preferido de Constantine.. (e-e)
Viu ela tirar os fones. E não tinha certeza se considerar isso um avanço ou não...
–Algumas dessas flores venenosas, apesar de serem incrivelmente bonitas, elas não possuem perfume. Acho que é quase uma característica comum da maioria delas. – ele se lembrava –Por isso no passado, quando não se podia fazer exames de toxicologia em casos de mortes aparentemente naturais, era difícil descobrir a causa. O Acônito e o Jasmim Amarelo podem matar alguém em questão de meia hora dependendo da posologia.

LolitaRoger
Admin

Mensagens : 1707
Data de inscrição : 18/07/2015

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: AGES - Casos Sobrenaturais

Mensagem por ArabellaC. em Qui Nov 26, 2015 11:20 pm



Penélope Franqui | 24 anos | Estudante

Agora ela era estranha e burra, a loira moveu a cabeça evitando entrar em algum tipo de crise existencial, ser adotada e ser criada por uma raça diferente que não é a sua, pode mesmo ser desconfortável...Desconfortável, não era a palavra certa, talvez complicada ou... Isso não importava de fato, o que ela queria mesmo era aprender a controlar seus instintos, emoções e habilidades, não se importava em ganhar poder, evoluir ou saber da sua família biológica.
_ Esses mitos são bem complexos _ comentou.
Ouviu sobre as formas de matar.
_ Se for questão de sobrevivência morte pode ser aceitável, mas prolongar o sofrimento já é crueldade _ ela dizia, enquanto pegava um pirulito de dentro da bolsa, ela notou os olhos dele _ No mundo animal, é claro _ Penélope pensava mais com uma loba do que uma humana em relação a várias questões.
Ela não sabia sobre as flores venenosas não possuírem perfume.
_ Gostei delas _ ela não gostava da maioria das fragãncias como dito antes _ Não gosto de perfume forte _ explicou.
Aparência:

ArabellaC.
Admin

Mensagens : 1695
Data de inscrição : 20/07/2015

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: AGES - Casos Sobrenaturais

Mensagem por Conteúdo patrocinado


Conteúdo patrocinado


Voltar ao Topo Ir em baixo

Página 1 de 22 1, 2, 3 ... 11 ... 22  Seguinte

Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Voltar ao Topo

- Tópicos similares

 
Permissão deste fórum:
Você não pode responder aos tópicos neste fórum